Banner Ideias

 
ideias

Inbound marketing: cabe em todos os modelos de negócio?

por Equipe Moringa, 03 de Abril, 2017

Estamos aqui para levantar uma questão. Nos últimos tempos, ouvimos falar tanto sobre inbound marketing, mas será que ele realmente funciona para todos os modelos de negócios?
Se você tem o hábito de estudar tendências do marketing digital, com certeza já deve ter ouvido falar sobre o inbound marketing. Explicando de forma bastante genérica, trata-se de uma estratégia que reúne várias técnicas de comunicação digital para desenvolver e entregar ao usuário conteúdo online e relevante, com o objetivo de levar o cliente até a empresa. Esse é o resultado inverso do marketing tradicional, que busca levar a empresa até o cliente.

Porém, estamos aqui para levantar uma questão. Nos últimos tempos, ouvimos falar tanto sobre inbound marketing, mas será que ele realmente funciona para todos os modelos de negócios?




No inbound, conteúdo é poder de barganha

Para que você entenda melhor o fio da meada, é necessário colocar em pauta um dos pilares do inbound marketing: o marketing de conteúdo. Isso mesmo. A realidade é que o conteúdo funciona para as estratégias digitais como uma espécie de curinga, ele é entregue de diferentes formas, tamanhos, mídias e níveis de prioridade.

Você pode atrair o consumidor entregando conteúdo por diferentes mídias, como e-mails, blogs, redes sociais, sites, landing pages, entre outras. Os formatos também são variados, pois pode entregar conteúdos que forneçam valor por meio de publicações, vídeos, webinários, e-books, e-mail marketing, infográficos, entre outros.

O objetivo é que o consumidor se sinta atraído pelo conteúdo para realizar uma compra. E para que isso aconteça os diferentes níveis de prioridade do conteúdo também são relevantes, atingindo o que chamamos de “etapas do funil”. Os conteúdos mais rasos são entregues para os consumidores que não conhecem o produto, eles estão no topo do funil, na etapa de aprendizado e descoberta; já os conteúdos mais intermediários são entregues para os consumidores que reconhecem haver uma necessidade e estão em busca de uma solução – eles estão no meio do funil; por último, o conteúdo mais aprofundado é entregue aos consumidores que estão na última etapa, o fundo do funil, eles já optaram pela decisão de compra e estão procurando por opções de marca.

Essas etapas fazem parte do que chamamos, no universo do marketing digital, de “jornada de compra do consumidor”. Existem vários estudos que falam a respeito dessa jornada, mas talvez aquele que mais se assemelhe à estratégia de inbound marketing seja o momento zero da verdade.

Em 2011, o Google lançou o livro ZMOT: conquistando o momento zero da verdade. O livro descreve a jornada de compra do consumidor de forma detalhada e apresenta o que o autor, Jim Lecinski, acredita ser o momento zero da verdade, ou seja, uma etapa que acontece antes de o consumidor iniciar sua jornada de compra, na qual ele consome conteúdo online a respeito de itens e marcas, mas não sabe que necessita de um determinado serviço ou produto.

Dentro da estratégia de inbound marketing, o marketing de conteúdo trabalha no momento zero da verdade, ajustando a percepção de marca do consumidor, antes que ele tenha ciência de que necessita de determinado serviço ou produto.

Porém, conteúdo sem experiência é uma casa sem sustentação

A questão é como saber se o conteúdo entregue realmente tem valor para o usuário. Ou se as mídias utilizadas estão valendo o investimento. E como saber mensurar e decifrar os resultados ou ainda como criar soluções que alcancem lugares aonde o inbound marketing não chegou?

Acreditamos que a experiência profissional é o ponto-chave para a construção de um projeto. A estratégia é como uma ferramenta, mas quem possibilita a construção é a experiência. Ser capaz de perceber os detalhes por trás dos panos e moldar a estratégia de acordo com o público, objetivos e resultados, isso é papel de um profissional de marketing, indispensável para colocar o projeto em prática e dar o gás para fazer acontecer.

Aqui na Moringa, acreditamos que, apesar de as estratégias digitais serem relevantes para a condução de uma boa campanha de comunicação online, ao final do dia, o que realmente faz a obra andar são as pessoas.

Os profissionais experientes entendem tanto a estratégia como os fatores que estão por detrás dela, como o cenário e o nicho de mercado a ser trabalhado, o público-alvo e consumidor, a essência do produto ou serviço e muito mais. Por isso, assim que recebemos um novo cliente na agência, analisamos os pontos principais do modelo de negócio e indicamos as melhores soluções e táticas para a elaboração de uma campanha de comunicação assertiva e eficaz, seja através do inbound marketing, seja por meio de outras estratégias de comunicação.

Gostou?
Talvez você se interesse por esses outros conteúdos:

O que é netnografia e como ela pode ajudar a conhecer o consumidor?

Como descobrir tendências e fazer uma comunicação que fale com o seu público?


Você também pode entrar em contato com a gente para construirmos juntos um novo projeto. Vamos tomar um cafezinho e discutir o assunto?


saiba mais
sobre o autor

Equipe Moringa

Equipe Moringa

Equipe Moringa

Muitos profissionais já contribuíram conosco, somos muito gratos a todos eles.

compartilhe

veja também